Rainha morta, Rainha posta. Holly Holm é a nova campeã das Pesos Galos Feminino no UFC após nocautear Ronda Rousey

Holly Holm, a nova dono do cinturão do UFC (Foto: Dave Mandel/Sherdog)

Entre os 56.214 fãs do MMA que compareceram no Etihad Stadium, em Melbourne para acompanhar de perto o UFC 193: Rousey vs. Holm, muitos torciam pela desafiante Holly Holm, mas pouquíssimos acreditavam que o árbitro Herby Dean acabasse a luta daquela forma.

Um semblante estupefato mesclado com caras e bocas de ampla surpresa e ar de incredulidade tomou conta do Etihad Stadium.

A outrora imbatível, dona incontestável do cinturão de campeã, maior responsável pela aceitação e divulgação do MMA feminino por um universo amplamente formado por homens, estava cercada e sendo atendida pela equipe médica da organização. Ronda Rousey restava imóvel no octógono.

Arrogante, invencível, invicta, finalizadora imperdoável, colecionadora de braços, a “queridinha” de Dana White.

O cronômetro avançava em direção ao primeiro minuto do segundo round quando a desafiante Holly Holm infligiu a maior punição da carreira de Rousey. Abusando de esquivas e potentes golpes com seus punhos durante a curta duração do combate, Holm acertou um forte high kick com sua perna esquerda de forma certeira no pescoço da então campeã.

Ronda Rousey foi à lona.

Impiedosa, tal qual um tubarão vendo sua vítima sangrar de forma inconsiente em um mar revolto, a pugilista Holly Holm usou seus punhos para colocar um final ao reinado da atleta olímpica Rousey. Experiente e considerado o melhor árbitro de MMA da atualidade, Herb Dean interrompeu a luta. O árbitro central impediu a continuação do massacre que se desenhava.

Incrédulos com a cena presenciada, o maior público da história de um evento do UFC foi testemunha da coroação da mais nova campeã da divisão das Pesos Galos Feminina da maior organização de MMA do planeta. Holly Holm fez o que seis outras lutadoras não conseguiram.

Integrante do Hall da Fama do Boxe, Holly Holm escreveu o seu nome na história do MMA, mantendo-se dona de um cartel perfeito com 10 vitórias e por ter parado o tsunami Ronda Rousey, que por onde passou destruiu os sonhos de vitórias de suas adversárias.

Rainha morta. Rainha posta!

Vida Longa à Rainha Holly Holm.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: