Em questão de segundos, “quarentão” Dan Henderson acaba com Tim Boetsch. Brasileiros são derrotados no UFC na Louisiana

Aos 44 anos, Hendo vibra com nocaute sobre Boetsch (Foto: Zuffa LLC/Getty Images)

Imortalizada na voz do cantor Sérgio Reis, a composição da dupla Moraezinho e Auri Silvestre já avisava em seus versos que “Panela velha é que faz comida boa”. E o UFC Fight Night: Boetsch vs. Henderson mostrou em sua luta principal isso continua mais do que atual.

Com uma atuação de alto nível, o veterano do UFC, com passagens brilhantes pelos extintos Pride e Strikeforce, o wrestler Dan “Hendo” Henderson, com 44 anos completos, não tomou conhecimento de seu adversário na madrugada do último sábado, 06, no New Orleans Arena, na cidade americana do mesmo nome. Colocando para funcionar o seu temído punho direito, dono de poderosos diretos conhecimentos como H-Bomb, Dan Herderson precisou de exatos 28 segundos para acabar com Tim Boetsch, dez anos a menos que Hendo, na luta principal da noite.

Após abalar Boetsch com um direto de direita, um upper seguiu a direção do rosto do adversário, obrigando o árbitro central a acabar com o embate para preservar a integridade física de Tim “The Barbarian” Boetsch. Com a vitória, Henderson anotou o seu 31º triunfo na carreira, interrompendo a sequência de duas derrotas.

Já os atletas brazucas não tiveram a mesma sorte do veterano Dan Henderson. O Peso Pena Thiago Tavares acabou sendo derrotado por nocaute técnico em combate contra o americano Brian Ortega, naquela que foi considerada a Luta da Noite. O Peso Médio Ricardo Demente, após um duelo de 3 assaltos, em decisão dividida dos juízes laterais, viu a vitória ser dada ao americano Jake Collier.

Confira os resultados completos do UFC Fight Night: Boetsch vs. Henderson:

– Estados Unidos Dan Henderson venceu Estados Unidos Tim Boetsch – TKO (Socos) – 0’28” R1

– Estados Unidos Ben Rothwell venceu Estados Unidos Matt Mitrione – Finalização (Guilhotina) – 1’54” R1

– Estados Unidos Dustin Poirier venceu Estados Unidos Yancy Medeiros – TKO (Chute no corpo e Socos) – 2’38” R1

– Estados Unidos Brian Ortega venceu Brasil Thiago Tavares – TKO (Socos) – 4’10” R3

Estados Unidos Anthony Birchak venceu Estados Unidos Joe Soto – KO (Cotoveladas e Socos) – 1’37” R1

Estados Unidos Francisco Rivera venceu Estados Unidos Alex Caceres – KO (Socos) – 0’21” R1

Estados Unidos Shawn Jordan venceu Estados Unidos Derrick Lewis – TKO (Socos) – 0’48” R2

Rússia Omari Akhmedov venceu Estados Unidos Brian Ebersole – TKO (Desistência) – 5’00” R1

Estados Unidos Chris Wade venceu Estados Unidos Christos Giagos – Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 30-27)

Estados Unidos Joe Proctor venceu Estados Unidos Justin Edwards – Finalização (Guilhotina) – 4’58” R3

Estados Unidos Jake Collier venceu Brasil Ricardo “Demente” Abreu – Decisão Dividida (29-28, 28-29 e 29-28)

– México José Quiñonez venceu Honduras Leonardo Morales – Finalização (Mata Leão) – 2’34” R1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: