Cotovelos de Condit garantiram a vitória sobre Thiago Pitbull no UFC Goiânia

Apesar do “estrago” Thiago Alves resistiu aos golpes de Condit (Foto: William Lucas/Inovafoto)

Chegando pela segunda vez em Goiânia, o UFC apresentou um card repleto de brasileiros no último sábado, 30, onde o resultado final apresentou uma supremacia verde-amarela frente aos atletas de outros países. Dos 12 combates que ocorreram na Arena Goiânia, apenas cinco tiveram como vencedores lutadores gringos.

E uma dessas derrotas brasileiras ocorreu na luta principal da noite. Quem apostou na vitória do ex-campeão interino dos Pesos Meio Médios Carlos Condit (30v-8d) no duelo contra o brasileiro Thiago “Pitbull” Alves (20v-10d) no sábado, 30, se deu bem.

Em um duelo onde a trocação entre os lutadores foi a tônica da noite, Condit e Pitbull travaram uma luta sangrenta. Usando e abusando dos golpes com o cotovelo, o norte-americano Carlos Condit castigou o brasileiro impiedosamente, fraturando o nariz do lutador da ATT.

Ao final do round de número 2, quando o médico avaliou as condições de Thiago Pitbull, o combate restou encerrado sendo confirmada a fratura no nariz do brasileiro.

Voltando a vencer no UFC, Condit elogiou seu oponente.

Muito obrigado, só tenho respeito pelo Thiago Alves, eu o admirei por anos, foi uma honra enfrentá-lo. Depois do período de estudo, comecei a implementar as coisas que trabalhamos, todas as táticas. A primeira coisa que joguei realmente funcionou.

Na co-luta principal da noite, o Peso Pena Charles “Do Bronx” Oliveira (20v-4d-1NC) garantiu a sua posição entre os Top 10 da divisão, ao finalizar o americano Nik Lentz (25v-7d-2e-1NC) no terceiro assalto. Naquela que foi considerada a melhor luta do UFC Fight Night: Condit vs. Alves, o brasileiro Oliveira encaixou uma guilhotina em Lentz e, ao levar o oponente para a guarda, decretou o fim da luta, anotando a sua quarta vitória consecutiva.

Confira os resultados completos do UFC Fight Night: Condit vs. Alves:

– Estados Unidos Carlos Condit venceu Brasil Thiago Alves –  TKO (Interrupção Médica) – 5’00” R2

– Brasil Charles Oliveira venceu Estados Unidos Nik Lentz – Finalização (Guilhotina) – 1’10” R3

– Brasil Alex Oliveira venceu Estados Unidos K.J. Noons – Finalização (Esgana Galo) – 2’51” R1

– Brasil Francimar Barroso venceu Canadá Ryan Jimmo – Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 29-28)

– Brasil Francisco Trinaldo venceu Irlanda do Norte Norman Parke – Decisão Dividida (29-28, 28-29 e 29-28)

– Inglaterra Darren Till venceu Brasil Wendell Oliveira – KO (Cotoveladas) – 1’37” R2

– Brasil Rony Jason venceu Estados Unidos Damon Jackson – Finalização (Triângulo) – 3’35” R1

– Brasil Jussier Formiga venceu Brasil Wilson Reis – Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 29-28)

– Dinamarca Nicolas Dalby venceu Brasil Elizeu Zaleski – Decisão Dividida (29-28, 28-29 e 29-28)

– Bósnia e Herzegovina Mirsad Bektic venceu Brasil Lucas Martins – TKO (Socos) – 0’30” R2

– Brasil Juliana Lima venceu Brasil Ericka Almeida venceu Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 30-25)

– Inglaterra Tom Breese venceu Brasil Luiz Dutra Jr. – Nocaute Técnico (Socos) – 4’58” R2

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: