De forma irretocável, Ronda Rousey mantém seu título no UFC 184

Ronda não poupou o braço de Zingano (Foto: Mark J. Terrill/Associated Press)

O que todos imaginavam ocorreu mais uma vez, Ronda Rousey venceu novamente uma oponente utilizando o seu cartão de visitas, a chave de braço. O que ninguém apostava era em um triunfo surpreendentemente rápido. A Peso Galo precisou de apenas 14 segundos de luta para ter, mais uma vez, o seu braço erguido em triunfo.

Sua oponente, Cat Zingano, iniciou o duelo de forma fulminante, buscando a campeã Ronda. Entretanto, a desafiante acabou levando o combate para a zona de conforto de Ronda, ao derrubá-la. Ronda havia pego o braço de Zingano. Ou seja, o desfecho já era conhecido. O cronômetro marcava exatos 14 segundos de confronto quando o árbitro central interrompeu a luta.

Com a vitória, Ronda continua dona do cinturão dos Pesos Galos Feminino do UFC, permanece com seu cartel perfeito, agora com 11 vitórias e deixa no ar a indagação mais ouvida no MMA desde a sua estreia: Quem irá parar Ronda Rousey?

Contando com 4 atletas brasileiros no card, os resultados não foram de todo bons. Apenas o Peso Médio Roan Carneiro e o Leve Valmir Lázaro anotaram vitórias em seus carteis, ao derrotarem, respectivamente, Mark Muñoz e James Krause. Já Gleison Tibau e Dhiego Lima amargaram derrotas no UFC 184.

Confira os resultados completos do UFC 184: Rousey vs. Zingano: 

– Estados Unidos Ronda Rousey venceu Estados Unidos Cat Zingano – Finalização (Chave de Braço) – 0’14” R1

– Estados Unidos Holly Holm venceu  Raquel Pennington – Decisão Dividida (29-28, 28-29 e 30-27)

– Estados Unidos Jake Ellenberger venceu Estados Unidos Josh Koscheck – Finalização (Triângulo De Mão) – 4’20” R2

– Estados Unidos Alan Jouban venceu Austrália Richard Walsh – Nocaute Técnico (Cotovelada e Socos) – 2’19” R1

– Estados Unidos Tony Ferguson venceu Brasil Gleison Tibau – Finalização (Mata Leão) – 2’37” R1

– Brasil Roan Carneiro venceu Estados Unidos Mark Muñoz – Finalização (Mata Leão) – 1’40” R1

– Estados Unidos Roman Salazar e Japão Norifumi Yamamoto – No Contest – 2’37” R2

– Estados Unidos Tim Means venceu Brasil Dhiego Lima – Nocaute Técnico (Socos) – 2’17” R1

– Estados Unidos Derrick Lewis venceu África do Sul Ruan Potts – Nocaute Técnico (Socos) – 3’18” R2

– Brasil Valmir Lázaro venceu Estados Unidos James Krause – Decisão Dividida (29-28, 28-29 e 29-28)

– México Masio Fullen venceu Colômbia Alexander Torres – Decisão Dividida (28-29, 29-28 e 29-28 )

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: