Rousimar Toquinho finaliza mais um. Brasileiro mantém o cinturão do WSOF

Toquinho leva mais uma perna para casa (Foto: D. Mandel/Sherdog.com)

Fazendo a sua primeira defesa do cinturão dos Pesos Meio Médios do WSOF, o mineiro Rousimar “Toquinho” Palhares anotando mais uma finalização em seu cartel. Encarando o norte-americano Jon Fitch na luta principal do WSOF 16, Toquinho não precisou mais do que 1min30 para registrar a sua 14ª finalização na carreira no último sabado, 13, nos Estados Unidos.

Pegando a perna de Fitch, Toquinho aplicou uma chave de joelho que obrigou o seu adversário a bater, desistindo da luta. Com a sua segunda vitória na organização, Rousimar Palhares manteve o seu título dos Meio Médios. Mas apesar de anotar uma nova vitória, os críticos do brasileiro aproveitaram para questionar o tempo que ele teria levado para soltar a perna de Jon Fitch.

Em entrevista pós luta para o site MMA Fighting, o lutador brasileiro falou sobre mais essa polêmica.

Eu ainda tenho que lidar com essas críticas, mas não entendo por que as pessoas tentam me humilhar assim. Eu apenas entro no cage e tento ser o melhor que posso ser. Não seguro as finalizações. Você pode ver lutadores socando os adversários duas ou três vezes depois de eles já estarem nocauteados. Por exemplo: veja por quanto tempo Ronda Rousey segura as chaves de braço. Não acho que ela esteja errada. Neste esporte, você não vai sobreviver se você não ajustar a posição direito. Acredito que eu fiz o que deveria ter feito para vencer. Não fiz nada de errado.

Quem também fez bonito no WSOF 16 foi Sheymon Moraes. O companheiro de Team Nogueira de Toquinho derrotou Gabriel Solorio na decisão dividida dos juízes laterais.

Veja o vídeo de mais essa vitória de Rousimar “Toquinho” Palhares:

Confira os resultados completos do WSOF 16:

– Rousimar Palhares venceu Jon Fitch – Finalização (chave de joelho) – 1’30” R1

– Lance Palmer venceu Rick Glenn – Finalização (Mata Leão) – 3’09” R3

– Sheymon Moraes venceu Gabriel Solorio – Decisão Dividida (29-28, 28-29, 30-27)

– Josh Berkovic venceu Brenson Hansen – Decisão Unânime (29-28, 29-28, 29-28)

– Lewis Gonzalez venceu Justin Buchholz – Decisão Dividida (30-27, 28-29, 29-28)

– Dave Huckaba venceu C.J. Leveque – TKO -1’47” R2

– David Mitchell venceu Justin Baesman – Finalização (Mata Leão) – 1’44” R1

– Dominic Waters venceu Martin Sano – Decisão Unânime (29-28, 29-28, 30-27)

– Erick Sanchez venceu Drey Mitchell – Decisão Unânime (29-28, 29-28, 30-27)

– Jason Powell venceu Chris Avila – Decisão Unânime (30-27, 30-27, 30-27)

– Joseph Morales venceu Christian Espinosa – Decisão Unânime (30-26, 30-27, 30-27)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: