Em grande luta, José Aldo mantém o cinturão dos Penas no Brasil. UFC 179 não foi tão bom para os brasileiros

Fazendo a luta da noite, José Aldo manteve o cinturão dos Penas

Em mais uma edição do UFC no Brasil, desta vez pela primeira oportunidade no Maracanãzinho, o Peso Pena José Aldo Júnior voltou a encarar o norte-americano Chad Mendes como desafiante ao seu título de campeão. Em um duelo que iniciou de forma eletrizante, ambos os lutadores partiram com tudo para decidir o embate, tendo a trocação sido a tônica dos 5 rounds regulamentares.

Por muito pouco que José Aldo não decidiu a luta ainda no primeiro round. Segundos antes do assalto de número um terminar, o brasileiro dominou as ações e passou a castigar Mendes, mas quando o golpe derradeiro entrou e nocauteou o atleta da Team Alpha Male, os cinco minutos de combate já haviam chegado ao fim.

Nos rounds seguintes, cada golpe aplicado era respondido de forma imediata, fazendo com que José Aldo e Chad Mendes protagonizassem uma das melhores lutas de MMA no ano de 2014. Ao término dos 5 rounds, a decisão acabou nas papeletas dos juízes laterais que, de forma unânime, indicaram a vitória do pupilo de André Pederneiras. Com a vitória, José Aldo aumentou a sua sequência de vitórias para 18 lutas consecutivas, tendo efetuado a sua sétima defesa de título no octógono mais famoso do planeta.

Igual sorte não obteve o Meio Pesado Glover Teixeira. Voltando a lutar após ter sido derrotado por Jon Jones, o brasileiro teve pela frente o técnico Phil Davis. Mostrando todo o seu conhecimento de wrestling, Davis impediu que Glover Teixeira pudesse imprimir o seu ritmo durante os 3 rounds, frustrando o lutador brazuca. Na decisão dos juízes laterais, a vitória acabou nas mãos do “Mr. Wonderful”. Na entrevista após o combate, Phil Davis disse que quer enfrentar o ex-campeão dos Pesos Médios Anderson Silva.

Juntamente com José Aldo, o único brasileiro que triunfou no card principal do UFC 179 foi o paulista Fábio Maldonado. O Meio Pesado que vinha de derrota em sua última participação no UFC, nocauteou o holandês Hans Stringer no segundo round, após conseguir levar o seu oponente para o solo e castigá-lo no ground’n’pound.

Confira os resultados completos do UFC 179: Aldo vs. Mendes 2

– Brasil José Aldo venceu Estados Unidos Chad Mendes – Decisão Unânime (49-46, 49-46 e 49-46)

– Estados Unidos Phil Davis venceu Brasil Glover Teixeira – Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 30-27)

– Brasil Fábio Maldonado venceu Países Baixos Hans Stringer – Nocaute Técnico (Socos) – 4’06” R2

–  Estados Unidos Darren Elkins venceu Brasil Lucas Martins – Decisão Dividida (27-30, 30-27 e 30-27)

– Irão Beneil Dariush venceu Brasil Diego Ferreira – Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 30-27)

– Estados Unidos Neil Magny venceu Brasil William Macario Patolino – Nocaute Técnico (Socos) – 2’40” R3

– Brasil Yan Cabral venceu Japão Naoyuki Kotani – Finalização (Mata Leão) – 3’06” R2

– Brasil Wilson Reis venceu Estados Unidos Scott Jorgensen – Finalização (Triângulo de Braço) – 3’28” R1

 – Estados Unidos Andre Fili venceu Brasil Felipe Arantes – Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 29-28)

– Brasil Gilbert Burns Durinho venceu Estados Unidos Christos Giagos – Finalização (Chave de Braço) – 4’57” R1

– Estados Unidos Tony Martin venceu Brasil Fabrício Camões – Finalização (Kimura) – 4’16” R1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: