Vitorioso em estreia no UFC, Robert Drysdale cai no exame antidoping. Testosterona elevada foi o motivo

Meio Pesado Drysdale apresentou níveis elevados de testosterona (Foto: David Becker/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Fenônome na Arte Suave, o Meio Pesado Robert Drysdale (7v-0d), lutador com nacionalidade americana e brasileira, fez o seu debut no Ultimate Fighting Championship com  vitória sobre Keith Berish no TUF 19 Finale. Entretanto, o atleta não teve muito tempo para vibrar com a estreia vitóriosa na maior organização de MMA do planeta no último dia 06 de julho.

Através de comunicado emitido pela Comissão Atlética do Estado de Nevada (NSAC) nessa quarta-feira, 30, Drysdale apresentou elevados níveis de testosterona no antidoping realizado após o evento. Enquanto a NSAC trabalha com níveis de testosterona no limite maximo de 6-1, os resultados do lutador mostraram níveis de 12-1.

Suspenso preventivamente até o julgamento do caso, essa é a segunda vez que o atleta apresenta níveis elevados de testosterona em exames antidoping. Em outubro passado, ao solicitar a sua licença à NSAC, os exames de Robert Drysdale mostraram como resultado um nível de 19,4-1. Na ocasião, a Comissão Atlética negou a licença ao atleta.

Além de Drysdale, Kevin Casey também teve o seu nome presente no comunicado da NSAC. O Peso Médio caiu no exame realizado após o UFC 175.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: