Robbie Lawler vence e se credencia a nova disputa de título. Minotouro é nocauteado em apenas 44 segundos

Antony Johnson nocauteou Rogério Minotouro no R1 (Foto: Kyle Terada)

Com cinco brasileiros no card do UFC: Lawler vs. Brown, o saldo para o time verde-amarelo acabou sendo negativo na noite de sábado, 26. Apenas os estreantes Tiago “Trator” e Gilbert “Durinho” puderam sentir o doce gosto da vitória no maior evento de MMA do planete, ao derrotarem seus adversários, ambos por decisão unânime dos juízes laterais.

A aguardada volta de Rogério “Minotouro” (21v-5d) ao octógono na co-luta principal do UFC, após uma série de lesões nas costas que o impediram de duelar contra Maurício Shogun e Alexsander Gustafsson e o tiraram do MMA por mais de um ano, não teve o resultado que todos esperavam. Tendo como adversário o duro Anthony Johnson, ex-Meio Médio, Médio e atual Meio Pesado, o irmão de Minotauro não foi páreo para o norte-americano. Com uma saraivada de socos junto a grade, Johnson aplicou o segundo nocaute na carreira do baiano. Com exatos 44 segundos de combate, o árbitro central interrompeu os golpes aplicados por Anthony Johnson, encerrando o combate.

Com a vitória, Johnson (18v-4d) se credencia para poder encarar um dos Top 10 da divisão.

Na luta principal da noite, após um duelo travado ao longo dos 5 rounds regulamentares, os Meio Médios Robbie Lawler (24v-10d-1NC) e  Matt “The Immortal” Brown (19v-12d) fizeram a Luta da Noite em San Jose. Em um combate com muita técnica e qualidade entre ambos os atletas, as papeletas dos juízes laterais determinaram a vitória, de forma unânime, de Robbie Lawler que alcançou a sua segunda vitória após ter sido derrotado por Johny Hendricks em março na disputa do título da divisão.

Matt Brown e Robbie Lawler fizeram a Luta da Noite (Foto: Kyle Terada)

Com a vitória conquistada no sábado, Lawler ganhou a oportunidade de enfrentar novamente Hendricks em duelo valendo o cinturão que, outrora, foi do dominante Georges St. Pierre.

Voltando ao lado verde-amarelo do UFC: Lawler vs. Brown, além das vitórias dos “debutantes” Tiago Trator e Gilbert Durinho, Hermani Perpétuo e Juliana Lima acabaram sendo derrotados na decisão unânime dos juízes.

Confira os resultados completos do  UFC: Lawler vs. Brown:

– Estados Unidos Robbie Lawler venceu Estados Unidos Matt Brown – Decisão Unânime (49-46, 49-46 e 48-47)

– Estados Unidos Anthony Johnson venceu Brasil Antônio Rogério Nogueira – Nocaute Técnico (Socos) – 0’44” R1

– Estados Unidos Dennis Bermudez venceu Estados Unidos Clay Guida – Finalização (Mata Leão) – 2’57” R2

– Estados Unidos Bobby Green venceu Estados Unidos Josh Thomson – Decisão Dividida (29-28, 28-29 e 29-28)

– Estados Unidos Jorge Masvidal venceu Estados Unidos Daron Cruickshank – Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 29-27)

– Estados Unidos Patrick Cummins venceu Estados Unidos Kyle Kingsbury – Decisão Unânime (30-27, 30-25 e 30-24)

– Estados Unidos Tim Means venceu Brasil Hernani Perpétuo – Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 29-28)

– Estados Unidos Brian Ortega venceu Estados Unidos Mike De La Torre – Finalização (Mata Leão) – 1’39” R1

– Brasil Tiago Trator venceu México Akbarh Arreola – Decisão Unânime (29-28, 30-27 e 30-27)

– Brasil Gilbert Burns venceu Suécia Andreas Stahl – Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 29-28)

– Polónia Joanna Jędrzejczyk venceu Brasil Juliana Lima – Decisão Unânime (30-27, 29-28 e 30-27)

– Israel Noad Lahat venceu Estados Unidos Steven Siler – Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 29-28)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: