Daniel Reis supera William “Bacalhau” na Luta da Noite no JVT Championship 6

100 por cento

Claudir, Dani Boy, Cachopa e Silas comemoram os 100% da Training

Confirmando se tratar de um dos principais eventos de lutas do sul, a sexta edição do JVT Championship apresentou aos fãs um card que não decepcionou em nenhum combate. Com o Ginásio do Vascão completamente lotado na noite do último sábado, 10, o público vibrou intensamente a cada golpe desferido pelos atletas e não abandonou o local até o término do evento, quando o horário já avançava pela madrugada de domingo.

“Essa sexta edição foi um sucesso completo. A maior prova disso é o grande público que tivemos e que viu um dos melhores eventos de lutas já realizados. Não houve nenhuma luta que pudesse ser chamada de monótona. Foi uma explosão de adrenalina constante, com grandes lutas”, exclamou o promotor Jorge Velho. Das 12 lutas programadas para ocorrer, o desafio entre os Pesos Pesados Reinaldo Samurai e Júnior Albini. Por decisão médica, Samurai foi orientado a não subir no octógono.

Daniel Reis anota sua quinta vitória

Fazendo a luta principal da noite, o Peso Leve Daniel “Dani Boy” Reis manteve a invencibilidade de seu cartel, anotando a sua quinta vitória no MMA ao derrotar o experiente William “Bacalhau” Dias na decisão dividida dos juízes laterais, após três rounds de muita emoção, onde o resultado poderia ser dado para qualquer um dos atletas.

“Dani Boy” contou com o forte apoio da torcida local, confirmando os 100% de triunfos da equipe Training na noite do JVT Championship 6.

Caxiense Claudir Dutkevis garante mais uma vitória

Retornando ao cage do JVT Championship após ter travado uma batalha em sua última apresentação, o lutador da Training Claudir Dutkevis não necessitou de muito tempo para registrar em seu cartel o seu 12º triunfo no mixed martial arts. Duelando contra o carioca Nathan Moraes, Dutkevis venceu por nocaute antes do cronômetro alcançar os três minutos de luta, dando mais motivos para a vibração da torcida que lotou o Ginásio do Vascão.

Juscelino “Pará” vence em duelo de invictos

Em um duelo onde os Meio Médios Juscelino “Pará” e Felipe “Cain” Perrone buscavam manter suas invencibilidades dentro do cage, o público foi brindado por um combate travado em pé pela totalidade dos 15 minutos. Com ambos os atletas buscando o nocaute o tempo todo, “Pará” acabou frustrando o objetivo de Perrone em anotar a sua quinta vitória no MMA Profissional. Ao final dos três rounds, ao ser lida a soma das pontuações dos juízes laterais, a vitória foi dada para Juscelino Caetano na decisão dividida.

Combates femininos levantam o público caxiense

Em um duelo que fez com que muitos homens ficassem com inveja da qualidade que as atletas imprimiram ao combate, a gaúcha Carolina Karasek e a catarinense Luana Souza protagonizaram um duelo digno de main event. Após três rounds de muita trocação e técnica, a vitória foi dada para a representante do vizinho estado de Santa Catarina.

Já na outra luta feminina, a local Débora Ferreira conquistou mais uma vitória em sua carreira ao derrotar a atleta Rafaela  Garcia quase no término do round de número um, demonstrando uma superioridade técnica inegável.

Após lutas no exterior, Gabriel Baino vence em Caxias

O Peso Pena Gabriel Baino, após ter realizado 3 combates nos Estados Unidos, voltou a lutar no Rio Grande do Sul e não decepcionou os seus fãs. Tendo como oponente o carioca Fábio Fagundes, Baino acabou triunfando na metade do 3º round, quando, após montar em Fagundes, passou a atacá-lo incessantemente no ground’n’pound, obrigando o árbitro central a interromper o confronto.

Uega retorna com vitória

Na única luta nas regras do K-1 no card, o lutador de Caxias e integrante da Seleção Brasileira de Kickboxing Wellington “Uega” Alves derrotou Willian “Coiote” Barbosa por nocaute técnico quase ao final do round três.

Confira os resultados completos do JVT Championship 6:

MMA

– Daniel “Dani Boy” Reis (Trainning/Alliance – Caxias do Sul) venceu William “Bacalhau” Dias (Team Nogueira – Joinville) – Decisão Dividida

– Claudir Dutkevis (Equipe Training – Caxias do Sul) venceu Nathan de Moraes da Silva (Team Mais Valente – Rio de Janeiro) –  TKO 2’50” R1

– Juscelino “Pará” Ferreira  Caetano ( Roxo Strike/Motta Team – Belém do Pará)  vs. Felipe Perrone (Sombra Team – Porto Alegre) – Decisão Dividida

– Débora Ferreira (Klin Team – Caxias do Sul) venceu Rafaela Garcia (Neo Dojo SCS – Santana do Livramento) – TKO – 4’23” R1

– Luana de Souza (ASM/De La Riva – Palhoça) venceu Carolina Karasek (Spartacus/ Harmonia) – Decisão Dividida

– Glaico Franca (Astra Fight Team – Baln. Camboriúl) venceu Piero Severo (Esquilo Brothers – Bagé) – Finalização (triângulo de mão) – 1’55” R1

– Gabriel Baino (Boxer MMA – Porto Alegre)  venceu Fábio Fagundes (Team Mais Valente – Rio de Janeiro) – TKO – 2’43” R3

– Geovane Sobrinho (Carvalho Team –  SC) venceu Carlos “Bailarino” Sumenssi  (Jorge Velho Team – Caxias do Sul) – Decisão Dividida

– Marcelo Sacardo “Cachopa” (Training – Caxias do Sul) venceu Fábio “Bandido” Nunes (Garra Team – Bento Gonçalves) – Decisão Unânime

– Diogo Esquilo (Esquilo Brothers – Bagé) venceu Saul Pereira de Castro (Clube do Boxe – Porto Alegre) – Decisão Unânime

SUPER LUTA K1

– Wellington “Uega” Alves ( Jorge Velho Team – Caxias do Sul) venceu Willian “Coiote” Barbosa (Collision Fight – Carazinho) – TKO – 2’31” R3

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: