GSP vence Hendricks e fala em aposentadoria

Em decisão polêmica, GSP vence Hendricks (Foto: Isaac Brekken, AP)

Fazendo a luta principal do UFC 167, evento que comemorou os 20 anos da maior organização de MMA do planeta, o canadense Georges St. Pierre, após um duro duelo de cinco rounds contra o desafiante  Johny Hendricks. Em um resultado um tanto controverso, o campeão manteve o seu título na opinião dividida dos juízes laterais.

Considerando ter realizado a luta mais difícil de sua carreira no MMA, St. Pierre, em tom de despedida dos octógonos, agradeceu ao UFC pela chance de lutar pela organização.

– Preciso ficar um pouco fora, tem coisas importantes acontecendo que preciso resolver. Quero agradecer o UFC por me dar a chance. Vou esperar um pouco , me afastar, levei muitos golpes. Depois vou repensar um pouco. Vou ficar um pouco longe e vocês todos deveriam saber disso. Estou muito emocionado por conta disso.

Em entrevista após o UFC 167, Dana White disparou contra o resultado do combate principal da noite. “Foi uma desgraça. A Comissão Atlética de Nevada está destruindo o boxe e agora está fazendo a mesma coisa com o MMA”, afirmou Dana White, que considerou Hendricks como vencedor do embate.

Único brasileiro na histórica edição dos 20 anos do Ultimate Fighting Championship, o Peso Médio Thales Leite derrotou o norte-americano Ed Herman na decisão unânime dos juízes laterais. Dominando completamente o embate, Leite mostrou a qualidade de sua luta de solo, sempre buscando a finalização. Em sua segunda passagem pelo UFC, Thales Leite alcançou a sua segunda vitória, totalizando sete triunfos no octógono mais famoso do planeta.

Ao final da noite, os ganhadores dos bônus da noite foram:

– Luta da Noite: Georges St. Pierre vs. Johnny Hendricks

– Nocaute da Noite: Tyron Woodley

– Finalização da Noite: Donald Cerrone

Confira os resultados completos do UFC 167: St. Pierre vs. Hendricks:

– Canadá Georges St. Pierre venceu Estados Unidos Johny Hendricks – Decisão Dividida (47-48, 48-47 e 48-47)

– Estados Unidos Rashad Evans venceu Estados Unidos Chael Sonnen – TKO – 4’05” R1

– Estados Unidos Robbie Lawler venceu Canadá Rory MacDonald – Decisão Dividida (29-28, 28-29 e 29-28)

– Estados Unidos Tyron Woodley venceu Estados Unidos Josh Koscheck – KO – 4’38” R1

– Rússia Ali Bagautinov venceu Estados Unidos Tim Elliott – Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 30-27)

– Estados Unidos Donald Cerrone venceu Estados Unidos Evan Dunham – Finalização (Triângulo) – 3’49” R2

– Brasil Thales Leites venceu Estados Unidos Ed Herman – Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 30-27)

– Estados Unidos Rick Story venceu Estados Unidos Brian Ebersole – Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 30-27)

– México Erik Perez venceu Estados Unidos Edwin Figueroa – Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 30-27)

– Estados Unidos Jason High venceu Estados Unidos Anthony Lapsley – Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 29-28)

– Estados Unidos Sergio Pettis venceu México Will Campuzano – Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 29-28)

– Estados Unidos Gian Villante venceu Estados Unidos Cody Donovan – TKO – 1’22” R2

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: