Christiano “Urso” vence Júnior Alves no desafio PR x RS no Golden Fighters 7

Alves e Urso levantaram o público em grande combate

Em noite de UFC: Belfort vs. Henderson, as atenções dos fãs gaúchos do Mixed Martial Arts estiveram voltadas para a cidade de Novo Hamburgo, que recebeu a sétima edição do Golden Fighters, evento que já está inscrito entre os melhores da modalidade no Brasil.

E o público que compareceu mais uma vez ao ginásio da Sociedade Ginástica pode presenciar de perto combates vibrantes onde a técnica e superação foram os pontos fortes da noite. Satisfeito com o sucesso de mais uma edição do evento, o promotor Gustavo Finck já iniciou a contagem regressiva para o Golden Fighters 8. “Nossa próxima edição será na cidade de Gramado/RS no dia 12 de dezembro. Mais uma vez queremos dar ao público que gosta e acompanha o MMA o melhor show possível. Hoje, o Golden Fighters já é um dos principais eventos do esporte no Brasil”, declarou Finck.

Em decisão dividida, Urso vence luta principal

Fazendo a luta principal do Golden Fighters 7, o atleta local Júnior Alves, mesmo contando com o forte apoio da torcida, não conseguiu superar o paranaense Christiano “Urso” Frolich ao longo de três rounds do combate. Em um combate onde a forte trocação entre os atletas foi a tônica, quem ganhou foram os fãs do MMA, com 15 minutos de muita disposição por parte dos lutadores. Quando os pontos anotados pelos juízes laterais foram lidos, o paranaense Christiano “Urso” dev o seu braço erguido como o vencedor do duelo, levando para a capital paranaense o título.

Noite de finalizações no Golden Fighters

Das nove lutas realizadas na sétima edição do Golden Fighters, seis combates tiveram seus finais abreviados em decorrência de finalizações aplicadas, sendo o mata-leão o golpe escolhido por quase todos os atletas.

Valendo pela divisão dos Pesos Leves, Wilian Alves, com pouco mais da metade do round de número, encaixou um mata-leão no lutador Jean Rosa. Invicto no MMA amador, Alves, que fez o seu debut entre os profissionais, anotou a sua primeira vitória.

Entre os mais leves da noite, André da Costa “Sobrinho” encarou o duro Marcos “Cyber” Andrey. Dominando o combate ao longo dos 3 rounds, o Peso Mosca da cidade de Frederico Westphalen castigou brutalmente seu oponente com cotoveladas no ground’n’pound, que resistia bravamente, valorizando a luta. Quase ao término do terceiro round, “Sobrinho” encaixou um katagatame que obrigou “Cyber” a sinalizar a desistência.

Representando a cidade de Gramado, o lutador Luiz Fernando Corrêa teve pela frente o atleta de Uruguaiana Fabiano Camargo. Levando o combate para o solo, Corrêa dominou seu adversário aplicando uma finalização que deixou todos sem saber o golpe encaixado. Com ambos os braços presos por Corrêa, não restou alternativa para Camargo que não fosse sinalizar a desistência de forma verbal.

Valendo pelo card principal da noite, mais três lutas foram interrompidas graças ao mata-leão. No duelo SC x PR, Rafael “Ogro” Xavier encarou Victor “Sabugo” Sckoteski em luta pela divisão dos Meio Médios. Antes do cronômetro marcar dois minutos de luta, o “Ogro” catarinense passou seus braços pelo pescoço de seu oponente, encaixando um justo mata-leão, dando fim ao embate.

Pelos Pesos Penas, Maclei Ellwanger chegou a sua quarta vitória profissional ao derrotar o gaúcho radicado em Brasília Maikom Moura. Em uma luta que se desenvolveu quase toda no solo, com uma troca de posições, Ellwanger foi mais um que pegou as costas do seu oponente e abreviou a luta com um mata-leão. Igual resultado alcançou o paranaense Marcyo Ferreira, que duelou contra o gaúcho André Lopes.

Fazendo a sua estreia pela Sombra Team, o agora Peso Galo Felipe Barbosa tratorizou o lutador de Farroupilha Thyago dos Santos Ebertz.Com menos de dois minutos de combate, Barbosa nocauteou seu adversário.

Na única luta onde a decisão dos médicos foi o ponto final do combate, o paranaense Rômulo Teixeira derrotou o gaúcho Caarjan Oliveira por nocaute técnico quase ao final do round de número dois. Mostrando muita disposição, Caarjan amargou um profundo corte no rosto que o impediu de prosseguir no combate.

Resultados finais do Golden Fighters 7:

–  Christiano “Urso” Frolich (Evolução Thai – Curitiba/PR) venceu Júnior Alves  (Boxer MMA/ Equipe A – Novo Hamburgo) – Decisão Dividida

– Marcyo “Marcynho” Ferreira (Evolução Thai – Curitiba/PR) venceu André Lopes (Diom Machado MMA – Pelotas/RS) – Finalização (mata-leão) – 3’50” R1

– Maclei Ellwanger (Konzen Fight Team – Venâncio Aires/RS) venceu. Maikom Moura (FFT Brasília/DF) – Finalização (mata-leão) – 3’41” R1

– Rafael “Ogro” Xavier (Pedrangello Fight – Chapecó/SC) venceuVictor “Sabugo” Sckoteski (Evolução Thai – Curitiba/PR) – Finalização (mata-leão) – 1’57” R1

– Felipe Barbosa (Sombra Team/Pimentel Team – Porto Alegre) venceu Thyago dos Santos Ebertz (Velasques Team – Farroupilha) – TKO – 1’51” R1

– Luiz Fernando Correa (OxyGym – Gramado) venceu Fabiano Camargo (Pimentel Team – Uruguaiana) – Finalização – 3’41” R1

– André da Costa “Sobrinho” (Collision Fight – Frederico Westphalen) venceu Marcos “Cyber” Andrey (Sombra Team/Pimentel Team – Porto Alegre) – Finalização (katagatame) – 4’35” R3

– Willian Alves (Sombra Team/Pimentel Team – Porto Alegre) venceu Jean Rosa (OxyGym – Gramado) – Finalização (mata-leão) – 2’57” R1

– Rômulo Teodorico Teixeira (Evolução Thai – Curitiba/PR) venceu Caarjan Oliveira (Academia Arena – Santo Ângelo/RS) – TKO (interrupção médica) -3’59” R2

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: