Demian Maia é derrotado e Toquinho retorna de forma fulminante

Em luta parelha, Jake Shields leva a melhor (Foto: Getty Images)

Voltando a lutar em Barueri após 7 anos, o paulista Demian Maia encarou o norte americano Jake Shields durante cinco rounds da luta principal do UFC Fight Night. Entrando como favorito e com a perspectiva de ser o possível novo desafiante ao títulos dos Meio Médios da organização, Demian encontrou um adversário que frustrou suas expectativas, em um duelo onde a tônica foi o equilíbrio nas ações. Shields conseguiu anular o perigoso jogo de chão do brasileiro e, ao final da peleja, teve o seu braço erguido após apurado os pontos nas papeletas dos juízes laterais que, de forma dividida, apontaram o americano como o vencedor.

Após o evento, utilizando a sua conta no Twitter, Demian Maia mostrou sua surpresa com o posição de dois juízes que acabaram dando o quinto e último round para o seu oponente. “Fiquei um pouco surpreso de dois jurados darem o quinto round pro Shields, o que acabou decidindo. Mas isso não tira em nada o mérito dele.”, escreveu o atleta.

Em um retorno muito aguardado após sua suspensão por doping, o agora Meio Médio Rosimar “Toquinho” Palhares voltou no seu melhor estilo. Duelando contra Mike Pierce, Toquinho precisou de apenas 31 segundos de luta para finalizar o combate, usando a sua arma preferida, a chave de calcanhar. Além da bolsa paga pelo UFC, a finalização deveria render outros rendimentos ao atleta da Team Nogueira. Considerada como Finalização da Noite, a organização do UFC Fight Night: Maia vs. Shields decidiu não bonificar o atleta em razão de Toquinho ter “segurado demais” o golpe após a sinalização de desistência por parte de Mike Pierce.

Toquinho, da mesma forma que Maia, usou o Twitter para comentar a situação. “Eu nunca quis machucar ninguém, como um lutador de jiu-jitsu busco sempre a finalização, mas jamais seria maldoso com um atleta. Repeito muito as decisões do UFC, mas acima de tudo respeito muito o Mike Pierce, jamais teria a intenção de machucá-lo”, afirmou Rousimar Toquinho.

Confira os resultados completos do  UFC Fight Night: Maia vs. Shields:

– Estados Unidos Jake Shields venceu Brasil Demian Maia – Decisão Dividida

– Coreia do Sul Dong Hyun Kim venceu Brasil Erick Silva – KO – 3’01” R2

– Brasil Thiago Silva venceu Estados Unidos Matt Hamill – Decisão Unânime

– Brasil Fábio Maldonado venceu Estados Unidos Joey Beltran – Decisão Dividida

– Brasil Rousimar Palhares venceu Estados Unidos Mike Pierce – Finalização (chave de calcanhar) – 0’31” R1

– Brasil Raphael Assunção venceu Estados Unidos T.J. Dillashaw – Decisão Dividida

– Brasil Igor Araújo venceu Brasil Ildemar Marajó – Decisão Unânime

– Brasil Yan Cabral venceu Estados Unidos David Mitchell – Decisão Unânime

– Estados Unidos Chris Cariaso venceu Brasil Iliarde Santos – TKO – 4’21” R2

– Brasil Alan Patrick venceu Estados Unidos Garett Whiteley – TKO – 3’54” R1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: