Mais uma vez, Jon Jones foi salvo por detalhes

Por detalhes, Jon Jones não perde seu cinturão (Foto: Tom Szczerbowski-USA TODAY Sport)

Se na disputa contra Chael Sonnen, o campeão dos Meio Pesados Jon Jones quase perdeu o seu cinturão em razão de uma lesão do dedo que o impediria de retornar ao segundo round da disputa, ontem a noite no Canadá foram detalhes que impediram que a luta fosse interrompida no intervalo do quarto para o quinto round.

Em entrevista concedida após o término do UFC 165, o presidente do UFC Dana White confirmou que os médicos estavam prontos para interromper o duelo por conta do profundo corte acima do olho direito do campeão Jon Jones, fruto de um golpe de Gustafsson ainda no round de abertura da disputa.

– Os médicos estavam indo para parar a luta por causa do corte. Jones pediu-lhe para não parar a luta. E pelo que eu soube John McCarthy (árbitro central) fez também – insistiu com eles para não parar a luta. – Declarou White.

Jon Jones e Alexander Gustaffson levaram para casa o bônus de Melhor Luta da Noite, no valor de US$ 50.000,00. O brasileiro Renan Barão levou o bônus de Nocaute da Noite enquanto Mitch Gagnon ganhou a Finalização da Noite.

Resultados completos do UFC 165: Jones vs. Gustafsson:

– Estados Unidos Jon Jones venceu Suécia Alexander Gustafsson – Decisão Unânime

– Brasil Renan Barão venceu Estados Unidos Eddie Wineland – TKO – 0’25” R2

– Estados Unidos Brendan Schaub venceu Estados Unidos Matt Mitrione – Finalização (triângulo de mão invertido) – 4’06” R1

– França Francis Carmont venceu Chipre Costa Philippou – Decisão Unânime

– Rússia Khabib Nurmagomedov venceu Estados Unidos Pat Healy – Decisão Unânime

– Estados Unidos Myles Jury venceu Canadá Mike Ricci – Decisão Dividida

– Brasil Wilson Reis venceu El Salvador Ivan Menjivar – Decisão Unânime

– Estados Unidos Stephen Thompson venceu Canadá Chris Clements – KO – 1’27” R2

– Canadá Mitch Gagnon venceu Estados Unidos Dustin Kimura – Finalização (guilhotina) – 4’05” R1

– Canadá John Makdessi venceu Brasil Reneé Forte – KO – 2’01” R1

– Brasil Michel Trator venceu Canadá Jesse Ronson – Decisão Dividida

– Estados Unidos Alex Caceres venceu Canadá Roland Delorme – Decisão Dividida

– Polónia Daniel Omielanczuk venceu Áustria Nandor Guelmino – KO – 3’18” R3

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: