Yuri Maia vence Adriano Nascimento na luta da noite do Full Fight Combat 2

FFC2 211

Nascimento e Maia fizeram a melhor luta do Full Fight Combat 2

Enquanto nesse sábado acontecia no Canadá o UFC 161, os fãs de MMA na cidade gaúcha de Lajeado e região puderam acompanhar um show de lutas em mais uma edição do Full Fight Combat, que contou com a presença de atletas do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Mato Grosso do Sul, além da presença das ring girls Thays Pires Leão e Aline Franzoi.

Com dez combates que agitaram o ginásio Nelson Brancher, o público voltou para casa com a certeza de ter presenciado grande lutas com destaque para o duelo travado entre os Pesos Leves Yuri Maia (Sombra Team) e Adriano “Capitão” Nascimento (Boxer MMA), escolhida pela organização do Full Fight Combat 2 como a Luta da Noite. Outro combate que também foi destacado pelo evento foi o travado entre o gaúcho Maclei Ellwanger e o carioca Nathan Morais, onde Ellwanger ganhou o bônus de Nocaute da Noite.

Com apoio da torcida, Roberta Rovel garante mais uma vitória

Na luta principal do Full Fight Combat 2, estavam escaladas a atleta local Roberta Rovel (Neo Dojo) e a representante do Mato Grosso do Sul Suzy Melo,que fazia a sua estreia no mixed martial arts. Mostrando que o seus treinos continuam fortes, Roberta mostrou a força dos seus punhos e o o seu poder de finalização ao pegar as costas de sua oponente e aplicar um mata-leão, que garantiu a sua segunda vitória no MMA pela divisão dos Meio Médios ainda no round de número um.

Ao final do combate, após receber sua premiação, Roberta Rovel, visivelmente emocionada, agradeceu ao apoio de todos que a ajudaram a treinar e a superar momentos difíceis relativos ao problema de saúde de seu Mestre e marido Rovel Rosendo, presente no ginásio acompanhando o evento.

Mata-leão garante triunfo de Leandro Xavier

Quando chegou a hora do embate entre Pesos Pesados, Leandro Xavier e Thiagão Luz subiram no octógono do Full Fight Combat dispostos a dar show para o público. Entretanto, o duelo foi abreviado graças aos potentes golpes aplicados por Xavier, que mudaram a estratégia de Thiago Luz.  Após ficarem clinchados por alguns instantes, Xavier conseguiu passar a uma posição dominante no solo até dominar seu oponente com um mata-leão, fazendo com que o árbitro central encerra-se o duelo, dando a vitória para o lutador da cidade de Harmonia.

“Pescoço” vence e homenageia filha recém-nascida

Completando 30 dias de treinos em solo gaúcho, o Meio Médio carioca Alexandre “Pescoço” tinha motivos de sobra para comemorar. Após ver o seu adversário ser trocado faltando menos de 24h para o evento, Pescoço entrou no cage sem conhecer o estilo de Bruno Duarte, que aceitou o desafio na última hora. Na luta mais rápida do Full Fight Combat 2, Pescoço finalizou Duarte com um armlock em apenas 1min10, garantindo a sua vitória. Além de vibrar com a vitória, Pescoço estava eufórico por retornar ao Rio de Janeiro e tornar a encontrar sua filha recém-nascida, homenageada com uma tatuagem no corpo do lutador.

Sombra Team garante mais três vitórias

Com três lutadores no card, a equipe porto-alegrense Sombra Team conquistou 100% de aproveitamento na noite de sábado. Pesos Pesos Penas, Peterson Pujol mediu forças com o carioca Eduardo Pires, ficando com a vitória após finalizar o adversário com um armlock no decorrer do segundo round. Igual resultado obteve Jeferson “Batata” Negrini, que finalizou David “22” Souza também com um armlock faltando menos de 20 segundos para o encerramento do duelo.

Yuri “Kong Killa” Maia e Adriano “Capitão” Nascimento fizeram uma das lutas mais aguardadas da noite, garantindo a emoção ao longo dos 15 minutos do sangrento duelo. Com uma superioridade de Maia no primeiro round, garantindo uma pontuação favorável, nos dois rounds finais, os atletas trocaram várias vezes de posição de domínio. Ao final da luta, na decisão dividida dos juízes laterais, a vitória foi dada ao jovem Yuri Maia.

Maclei Ellwanger reencontra a vitória com o Nocaute da Noite

Após ter visto a sua sequência de vitórias ter sido interrompida no mês de maio, o atleta da Konsen Team Maclei Ellwanger voltou a ter o se braço erguido como vitorioso. O Peso Pena da cidade de Venâncio Aires/RS ficou frente a frente com o lutador carioca Nathan Morais. Quase ao final do segundo round, Maclei puniu seu adversário incessantemente, garantindo a sua vitória e o bônus de Nocaute da Noite.

Alex Andreotte e Cícero Pascal vencem por nocaute técnico e polêmica marca duelo de invictos

No duelo dos Pesos Médios, Alexsander Andreotte encarou o duro Jorge dos Santos. Mostrando a sua superioridade técnica ao longo dos dois rounds em que durou a luta, o canoense Andreotte levou a melhor, vencendo seu oponente por um nocaute técnico. Da mesma forma, na luta de abertura do Full Fight Combat 2, o porto-alegrense Cícero Pascal derrotou o lutador de Santa Maria Márcio Nogueira, em luta válida pela divisão dos Pesos Galos. Com Pascal castigando Nogueira no solo, o árbitro central encerrou o combate após sinalização de desistência do atleta da Guerreiros Thai. O fim da luta marcou a segunda vitória do lutador da Elite Thai MMA Team.

Na única luta onde a decisão do árbitro central foi questionada, em razão de um possível golpe irregular, Guilherme “Boxer” Teixeira derrotou Felipe Masoni “Zina” após acertar duas pedaladas. No round inicial, os atletas fizeram uma luta equilibrada, com ambos variando da trocação para luta de solo. Já no segundo round, quando recebeu os golpes no rosto, Zina acabou sentindo os ataques desferidos por Boxer, fazendo com que o atleta de Esteio tivesse o seu braço erguido como vencedor. Ao fim do embate, os membros da equipe de Zina questionavam a arbitragem por entenderem que Zina estava de 3 apoios ao receber a primeira pedalada.

Resultados completos do Full Fight Combat 2:

– Roberta Paim (Neo Dojo/Lajeado) venceu Suzy Melo (Shock Combat/MS) – Finalização (mata-leão) 2’45 R1

– Leandro Xavier (Spartacus/Montenegro) venceu Thiagão Luz (Elite Thai MMA Team/Porto Alegre) – Finalizacao ( mata-leao) 3’50” R1

– Alexsander Andreotte (General Army Luis Brito/Canoas) venceu Jorge dos Santos (Neo Dojo) – TKO -2’47 R2

– Carlos Alexandre “Pescoço” (Infight/TFT/RJ) vs. Bruno Duarte (Velasques Team/Farroupilha) – Finalização (armlock) – 1’10” R1

– Yuri Maia (Sombra Team/Porto Alegre) venceu Adriano “Capitão” Nascimento (Boxer MMA/Porto Alegre) – Decisão Dividida

– Maclei Ellwanger (Konzen Team/Venancio Aires) venceu Nathan Morais (Team +Valente/RJ) – TKO – 4’04” R2

– Jeferson “Batata” Negrini (Sombra Team/Porto Alegre) venceu David “22″ Souza (GF Team/RJ) – Finalização (armlock) – 4’42” R3

– Guilherme “Boxer” Teixeira (Hawks MMA Team/Esteio) venceu Felipe “Zina” Masoni (Elite Thai MMA Team/Porto Alegre) – TKO – 2’14 R2

– Peterson Pujol (Sombra Team/Porto Alegre) venceu Eduardo Pires (Team+Valente/RJ) – Finalização (armlock) – 3’17” R2

– Cícero Pascal (Elite Thai MMA Team/Porto Alegre) venceu Marcio Nogueira (Guerreiros Thai/Santa Maria) – TKO (desistência) – 3’38 R1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: