Americano interrompe sequência de vitórias de Jonas Boeno no Golden Fighters 5

Ken Jackson resistiu aos ataques de Jonas Boeno

As mais de 2.000 pessoas que compareceram no Ginásio da Sociedade Ginástica Novo Hamburgo acompanharam mais do que um evento de MMA. O Golden Fighters em sua quinta edição foi um show de produção e de lutas, que empolgaram todo o público presente. Nem mesmo o problema momentâneo com o sistema de som interrompeu o show.

Com 12 lutas em seu card, o Golden Fighters 5 apresentou no final do card preliminar uma luta surpresa, envolvendo o gaúcho radicado em Bal. Camboriú Paulo César “Bandido” e o lutador pelotense Fabrício Soares. Além das feras que deram show dentro do cage, a bela e estonteante morena Thays Pires Leão desfilou suas curvas no intervalo dos rounds, para o deleite do público.

Ken jackson vence Jonas Boeno no duelo Brasil x Estados Unidos

Substituindo o Meio Médio Zezão Trator no Golden Fighters 5, o americano Ken Jackson encarou o gaúcho Jonas Boeno na luta principal da noite. Com muita trocação de ambas as partes, apesar da “amarração” do americano no jogo de solo, a luta que durou os 3 rounds empolgou o público, principalmente nos últimos cinco minutos, quando o brasileiro castigou incessantemente seu oponente, que resistiu bravamente ao castigo imposto.

Com o final do duelo, o resultado da luta foi declarado após a soma dos pontos das papeletas dos juízes laterais, que haviam deduzido um ponto de Jonas Boeno por conta de um golpe irregular no round de número dois. No anúncio, Ken Jackson teve o seu braço erguido na decisão dividida.

Psicopata volta a lutar no RS e Silas Robson mantem invencibilidade

Na co-luta principal da noite, o lutador Christiano “Psicopata” Marques mediu forças com Guilherme “Guile” Netto, após o clima entre ambos ter esquentado durante a pesagem no dia anterior. Mostrando que o treinos na RFT/Bal.Camboriú tem melhorado a sua técnica de combate, Psicopata derrotou seu adversário nos segundos finais do primeiro round, castigando Guile Netto no groun’n’pound.

O Faixa Preta de Jiu Jitsu Silas Robson e o Grau Preto de Muay Thai Vitor Gomes subiram no cage do Golden Fighters dispostos a dar um show ao público em um confronto de estilos. E os minutos iniciaais mostraram isso. Entretanto, um fato ocasionou o término do duelo de forma precipitada. Uma lesão no joelho direito obrigou Vitor Gomes a abandonar a luta ainda no primeiro round. Com a impossibilidade do retorno de seu adversário, a vitória foi dada ao atleta de Caxias do Sul, que alcança a marca de cinco vitórias sem nenhuma derrota.

Em luta empolgante Kaspary levanta o público e Fernando Farias vence revanche

Com o apoio de uma grande parcela do público presente na Sociedade Ginástica, Alex Kaspary fez a sua terceira participação no Golden Fighters e manteve a rotina de vitórias ao enfrentar o duro Maclei Ellwanger em uma luta que durou todos os rounds previstos. Trocação e luta de solo foram a tônica da luta, mas ao final, Alex Kaspary venceu por decisão unânime o combate, para o delírio de sua torcida.

Três anos separaram a revanche entre Fernando Farias e Douglas de Andrade “Cavalo”.  Em uma luta que rapidamente passou a ser desenvolvida no solo, Farias acabou pegando o braço de seu oponente que, após resistir por alguns instantes, acabou sinalizando a sua desistência, fazendo com que Farias alcançasse sua quarta vitória seguida no MMA.

Confronto de gerações e nocaute espetacular

Ao subirem no cage do Golden Fighters 5, Rafael Ghilosso e Rogério Menna travaram um combate de gerações, com uma diferença de 10 anos de idade entre os atletas. Ao soar o gongo, ambos os lutadores trocaram golpes até que o líder da Sombra Team quedou Menna e, no groud’n’pound passou a punir seu oponente, até ser interrompido pelo árbitro, fazendo com que Rafael Ghilosso tivesse seu braço erguido como vitorioso da noite.

O único nocaute entre as 12 lutas do card veio de forma fulminante. Vinícius de Jesus precisou de exatos 24 segundos para levar seu oponente ao chão desacordado, para espanto do público presente e alegria dos seus companheiros de corner.

Limberger e Miler fazem a luta da noite

Em um duelo que merecia estar no card principal de qualquer evento, Leonardo Limberger e Maicon “The Killer” Miler travaram a melhor luta da quinta edição do Golden Fighters, levantando o público pela forma alucinante como ambos os atletas se confrontaram. Foram 15 minutos de muita trocação, com os lutadores mostrando seus golpes de Muay Thai e Boxe. Ao final do combate, por decisão unânime dos juízes laterais, a vitória foi dada ao atleta da Pantera Team Leonardo Limberger.

Resultados completos do Golden Fighters 5:

– Ken Jackson venceu Jonas Boeno – Decisão Dividida
– Christiano “Psicopata” Marques venceu Guilherme “Guile” Netto – TKO – 4’55” – R1
– Silas Robson venceu Vitor Gomes – TKO (interrupção médica) – 3’20” – R1
– Alex Kaspary venceu Maclei Ellwanger – Decisão Unânime
– Fernando Farias venceu Douglas Andrade “Cavalo” – Finalização (armlock) – 3’11” – R1
– Fabricio Soares venceu Paulo Cesar” Bandido” – TKO – 4’35” – R2
– Rafael “Sombra” Ghilosso venceu Rogério Menna – TKO – 2’10” – R1
– Alexandre Hofmann venceu Diego Cachopa – TKO – 1’30” – R1
– Vinicius de Jesus venceu Anderson Silva – KO – 0’24” – R1
– Marcio Chagas venceu Josué “Velasques” sos Santos – TKO – 2’55” – R1
– Leonardo Linberger venceu Maicon “The Killer” Miler – Decisão Unânime
– Guilherme “Boxer” Teixeira venceu Alexandre Jobim – Finalização (armlock) – 3’25” – R1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: