Collision Fight 6 esquenta o clima em Soledade

Colision

Nestor “Orelha” vibra com vitória em luta principal do Collision Fight

Nem a temperatura baixa que castigou a cidade gaúcha de Soledade afastou os fãs de lutas do Ginásio Zecão na noite do último sábado. Apesar de muitos terem comparecidos ao Collision Fight 6 com “apoios externos” como cobertores e bebidas mais quentes, o clima no ginásio foi de pura empolgação, com o grande público presente vibrando muito com os combates, principalmente os que envolveram atletas locais.

Mesmo tendo sido retirada do card da sexta edição do Collision a luta principal envolvendo os atletas Wilian “Coiote” Barbosa e Alexandre Jobim, em decorrência de lesão, o que se viu em Soledade foi um show de organização por parte dos promotores e com belas lutas.

Nestor “Orelha” finaliza adversário

Fazendo a sua estreia em eventos de MMA profissional, o lutador Peso Pena de Porto Alegre Nestor “Orelha” dos Santos Ferreira (Sombra Team) teve pela frente um duro adversário, o atleta da Muay Thai Combat/Top Brother Sul Luciano Silva, da cidade de Pelotas. Após um primeiro round com muita trocação por ambos os lados, após passar da metade do round de número dois, Nestor Orelha conseguiu encaixar um justo katagatame, fazendo com que não restasse outra alternativa ao seu adversário que não fosse sinalizar a desistência do único duelo profissional de MMA na noite.

Nos combates de MMA Amador, o público presente foi ao delírio com a atuação, em especial, de dois atletas locais. Representando a Arte Suave, o lutador Daniel “Bacana” Garbini (Schubert JJ/Soledade) derrotou logo no início do segundo round Sidimar Bitelo (Vinicius/Collision) com um nocaute técnico, pela divisão dos Pesos Médios. Igual sucesso obteve seu companheiro de treinos, o lutador Ezequiel dos Santos Maciel. Encarando Felix Gabriel (Vinicius/Collision), o atleta local teve o seu braço erguido em triunfo devido a uma lesão de seu adversário, que não teve condições de continuar o combate, sendo prontamente atendido pela equipe médica presente.

Em outro combate de MMA Amador, o lutador de Esteio Josué “Velasques” dos Santos praticamente não tomou conhecimento de seu rival no octógono. Na metade do primeiro round, “Velasques” acabou nocauteando Vinícius Moraes (Vinicius/Collision), alcançando mais uma vitória.

Douglas Menna e Daniel Brum fazem a melhor luta de Muay Thai do Collision 6

Com três lutas de Muay Thai Profissional no card, o grande destaque da noite ficou para o confronto protagonizado entre os atletas Douglas “Menninha” Menna (Muay Thai Combat/Pelotas), que fazia a sua estreia entre os profissionais e Daniel Brum (Guerreiros Thai/Santa Maria). Em um combate onde o público assistiu todas as nuances da arte tailandesa, ambos os atletas resistiram durante os três rounds previstos. Apesar da decisão das papeletas dos juízes laterais indicarem a vitória de Brum, em razão de um recursos apresentado pela equipe Muay Thai Combat após o evento, o promotor do evento André Câmara acabou informando que o resultado do excelente duelo travado foi reformado para NO CONTEST.

Também entre os profissionais, Leonardo Brizola (Collision Fight/Sarandi) e Amaral Prestes (Guerreiros Thai/Santa Maria) fizeram uma luta empolgante, com muita trocação entre os atletas. Vindo de derrota em sua última luta no MMA, Leonardo Brizola entrou no octógono sedento pela vitória e ela veio no intervalo do segundo round, quando seu adversário sinalizou que não tinha mais condições de retornar para a luta.

Quem também contou com o forte e entusiasmado apoio do público presente no Zecão foi o atleta local Wellinton”Alemão” Chaves (Collision Fight/Soledade), que mediu forças contra o porto-alegrense Wilian Savaris (Sombra Team). Após um começo de luta alucinante por parte de Savaris, com o andar do cronômetro Wellinton passou a ditar o rumo da luta, alcançando a vitória por nocaute no terceiro round da peleia.

Público vibrou com combates amadores de Muay Thai

Abrindo os trabalhos do Collision Fight 6, o público acompanhou duelos amadores de Muay Thai, envolvendo atletas que buscam espaço entre os atletas profissionais do esporte. E o destaque dos combates amadores ficou por conta do confronto entre os atletas Eduardo “Batata” (Ying Yang/Marau) e Marthon Dal Carobo (Garra Team/Santiago), sendo que a vitória foi declarada para o atleta de Marau.

Confira os resultados completos do Collision Fight 6:

MMA Profissional

–  Nestor “Orelha” Ferreira venceu Luciano Silva – Finalização (katagatame) – 3’26” R2

MMA Amador

– Josué “Velasques” dos Santos venceu Vinicius Moraes – KO – 2’32” R1

– Daniel “Bacana” Garbini venceu Sidimar Bitelo – KO – 1’13” R2

– Ezequiel dos Santos Maciel venceu Felix Gabriel – TKO (interrupção médica) – 0’34” R2

Muay Thai Profissional
– Daniel Brum e Douglas Menna  – No Contest

– Wellinton”Alemão” Chaves venceu Wilian Savaris – TKO – R3

– Leonardo Almeida Brizola venceu Amaral Prestes – TKO (desistência) – R2

Muay Thai Amador

– Ricardo “Pé de Porco” venceu Eduardinho -Decisão Unânime

– Eduardo “Batata” venceu Marthon Dal Carobo – Decisão Dividida

– Tiago “Canguru” venceu Ricardo Martins – TKO – R2

– Júlio Alves venceu Darlan Batista – Decisão Unânime

– Diego Previatti venceu Jocemir Rodrigues 0 KO – R1

– Carlos Luft  venceu Wilian – Decisão Dividida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: