100% de aproveitamento verde-amarelo no card principal do UFC 156: Aldo vs. Edgar

José Aldo vence Frankie Edgar e mantem títulos dos Penas

Mais uma edição do maior evento de MMA do planeta foi para a conta na madrugada deste domingo em Las Vegas. Com um dos melhores cards dos últimos tempos, o UFC 156: Aldo vs. Edgar, além da disputa de cinturão dos Pesos Penas envolvendo o brazuca José Aldo Jr., contou com a presença de mais 4 atletas brasileiros no card.

José Aldo vence mais uma e mantem o seu cinturão

Na luta principal do UFC 156, o amazonense José Aldo Jr. encarou mais uma defesa do seu título no UFC, enfrentando o ex-campeão dos Leves Frankie Edgar, que fez a sua estreia entre os Pesos Penas. Depois de 5 rounds, José Aldo pode vibrar por ter traçado a estratégia correta para o combate, evitando os golpes mais fortes do adversário, e por ter conquistado mais uma vitória em sua carreira, alcançando a marca de 15 combates sem ser derrotas e por ter feito a sua quarta defesa de título no UFC.

Após cinco rounds, Aldo acabou sendo declarado vencedor por decisão unânime dos juízes laterais.

Minotouro vence após ausência de mais de um ano no octógono

Irmão gêmeo da lenda viva do MMA, o Peso Pesado Rodrigo Minotauro, Rogério Minotouro retornou ao cage após uma ausência de mais de um ano. Sua última participação no evento presidido por Dana White ocorreu em 2011, quando derrotou o ex-campeão dos Meios-Pesados Tito Ortiz. E a sua volta ocorreu justamente contra outro ex-campeão da categoria, “Suga” Rashad Evans.

Após três rounds onde a tônica foi a qualidade do seu boxe, Minotouro anotou outra vitória em seu cartel coma decisão unânime dos juízes laterais, frustrado os sonhos de Rashad que pretendia se credenciar a uma nova disputa de cinturão.

Antônio Pezão acaba com a marra de Overeem

Rivalizando com a luta principal do UFC 156 em termos de expectativa dos fãs brasileiros, o paraibano Antônio “Pezão” Silva mostrou para o gigante holandês Alistair Overeem a potência dos seus golpes. Overeem, que estava retornando após suspensão por ter sido flagrado em exame antidoping por uso de testosterona no final de 2011. Após os dois primeiros rounds, onde Overeem conseguiu uma vantagem sobre Pezão, o brasileiro retornou para o round final de forma avassaladora. Com apenas 26 segundos de luta, os punhos de Pezão acabaram com a marra do holandês, nocauteando-o junto as grades.

Demian Maia vence Fitch e foca em GSP

Primeiro brasileiro a lutar no card principal do UFC 156: Aldo vs. Edgar, o faixa preta de Jiu Jitsu Demian Maia controlou o “amarrão” Jon Fitch pela totalidade dos três rounds do duelo. Demian dominou as costas do americano por quase toda a luta, não conseguindo aplicar as suas finalizações. Mas pela decisão dos juízes laterais, teve o seu braço erguido como vencedor com muita justiça.

Com mais essa vitória na categoria dos Meio-Médios, o paulista Maia já aguarda pela oportunidade de enfrentar o atual campeão da categoria, o canadense Georges Saint Pierre.

Confira os resultados completos do UFC 156: Aldo vs. Edgar:

Pesos Penas: Brasil José Aldo venceu Estados Unidos Frankie Edgar – Decisão Unânime

Pesos Meio-Pesados: Brasil Rogério Minotouro venceu Estados Unidos Rashad Evans – Decisão Unânime

Pesos Pesados: Brasil Antônio Pezão venceu Países Baixos Alistair Overeem – TKO – 0’26” R3

Pesos Meio-Médios: Brasil Demian Maia venceu Estados Unidos Jon Fitch – Decisão Unânime

Pesos Moscas: Estados Unidos Joseph Benavidez venceu Estados Unidos Ian McCall – Decisão Unânime

Pesos Leves: Estados Unidos Evan Dunham venceu Brasil Gleison Tibau – Decisão Dividida

Pesos Meio-Médios: Estados Unidos Tyron Woodley venceu Estados Unidos Jay Hieron – KO – 0’36” R1

Pesos Leves: Estados Unidos Bobby Green venceu Estados Unidos Jacob Volkmann – Finalização (mata-leão) – 4’25” R3

Pesos Leves: Estados Unidos Isaac Vallie-Flagg venceu Bahamas Yves Edwards – Decisão Dividida

Pesos Galos: Estados Unidos Dustin Kimura venceu Estados Unidos Chico Camus – Finalização (mata-leão) – 1’50” R3

Pesos Galos: Estados Unidos Francisco Rivera venceu Estados Unidos Edwin Figueroa – TKO – 4’20” R2

Anúncios

One Response to 100% de aproveitamento verde-amarelo no card principal do UFC 156: Aldo vs. Edgar

  1. Crespo disse:

    Se o Tibau perdeu, não foi 100%

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: