Equipes do RS: Hawks

A equipe Hawks nasceu no ano de 2004 na cidade de Santa Rita do Araguaia GO, fundada pelo professor Hugo Krug, Faixa roxa de Jiu-Jitsu  e  grau preto de Muay Thai. Durante sua trajetória, a Hawks manteve filiais na cidade de Paraguaçu Paulista/SP e nas gaúchas Cruz Alta, Panambi e Esteio, onde hoje tem a sua sede, na região metropolitana de Porto Alegre.

Originalmente o nome da equipe era White Hawk (Falcão Branco), mas devido à dificuldade de pronúncia por parte de alguns announcers do Estado, em 2011 a equipe passou a se chamar apenas HAWKS. “Ainda é muito comum sermos anunciados como Ranks, White House,  Black Hank, etc.” comenta de forma descontraída Hugo Krug.

Diversos foram os atletas promovidos e revelados pela Hawks, dentre eles destacam-se os nomes de Luis Lagarto (Campeão Gaúcho invicto de Muay Thai da FRMT e grande nome do MMA nacional), Vercely Barrios (Campeão Intercontinental tendo feito lutas na Rússia, Bélgica e Estados Unidos), Paulo Cesar “Bandido”, jovem lutador de 16 anos com 7 lutas e 6 vitórias, Campeão da Copa RS de Muay Thai 2012 e da primeira etapa do Gaúcho de MMA Desportivo, bem como Lis Antunes e Tatiane Lima, ambas campeãs gaúchas de Muay Thai da Copa RS.

Equipe reunida após o Machine of Fight 6 (Foto:Divulgação)

“A equipe vem crescendo e se destacando. Além dos atletas já citados, é importante falarmos, também, de Alceu Nosferatu, Maicon Canibal, Saulo Camargo, Ismael Fagundes, Nesfasto, Cristiano “Tô Ligado”, Jadielson Popó, Augusto Joelhada, Adriano Balanço”, complementou Hugo Krug.

A equipe apresenta-se como um dos principais times do RS, tendo tido 90% de aproveitamento nos combates de Muay Thai disputados nos últimos 12 meses e 75% em lutas de MMA durante o mesmo período. A Hawks também foi co-promotora do Clube da Luta (maior evento de MMA do RS até o ano de 2010) e também mantém a franquia Machine of Fight.

“Nosso objetivo maior sempre foi apresentar a Arte Marcial como um agente gerador de mudança para as pessoas. Acreditamos que o nosso meio possa servir como referência em termos de seriedade, disciplina e profissionalismo para outras modalidades e segmentos esportivos” comenta Krug. “Também buscamos manter um ótimo relacionamento com as demais equipes do RS, pois sabemos que juntos somos muito mais fortes do que individualmente. Desta forma conseguimos firmar parcerias e exportar lutadores para os grandes eventos nacionais e agora também para fora do país como é o caso do lutador da Collision Fight, Guilherme Trindade” finalizou o líder da equipe Hawk.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: