Resultados completos do X-Fest MMA 2012 Total War

Thiago Minu aplicando a sua famosa guilhotina em Gabriel Soule

O MMA na capital do Rio Grande do Sul, a partir da noite passada, tomou outro rumo.

Com um ginásio lotado, com excelentes lutas e com público empolgado, com destaque para o show a parte que as torcidas para os atletas da Elite Thai MMA, Sombra Team/Gracie Humaitá e de Thiago Minu deram nos combates, o X-Fest MMA 2012 Total War foi um completo sucesso.

Iniciando o evento com uma disputa de Grapling amador entre Ícaro Monstro e Felipe Flecha” Consul, o público já pode sentir a qualidade dos combates que viria a seguir. Ícaro rapidamente finalizou seu adversário com um arm-lock, vencendo a disputa.

Nos 3 combates seguintes, os fãs da trocação acompanharam duelos de Muay Thai extremamente disputados, com todas as lutas sendo levadas para a difícil decisão dos juízes laterais. O destaque foi para o retorno de Wilian “Coyote”, afastado a mais de 4 meses dos combates que voltou e venceu por decisão unânime o confronto com o difícil atleta Leandro Machado

Com dois cinturões da Associação Gaúcha de Artes Marciais em disputa, o primeiro combate valendo título foi travado nas regras do K1, em um duelo envolvendo os atletas Tomas Godói e  Guilherme Jung. Após um início quente, Godói acabou nocauteando o seu adversário com menos de 3 minutos de luta, garantindo assim a posse do cinturão de campeão do evento.

Ainda no card preliminar, tivemos o início dos combates de MMA onde Vinicius Baraldo e Jadielson “Popó” fizeram um primeiro round avassalador. Com um amplo domínio de Baraldo, que pegou o braço de Popó por várias oportunidades, que resistiu  bravamente. Com um segundo e terceiro rounds mais mornos, a decisão foi dos juízes laterais que, de forma unânime apontaram Vinicius “Astro Boy” Baraldo como vencedor.

Na sequência, o atleta Ronaldo Gauss venceu André Machado por Nocaute Técnico (interrupção médica) em decorrência de um profundo corte em seu rosto, ainda no primeiro round. No primeiro confronto interestadual, o gaúcho Yuri Maia venceu o catarinense Natan Schulte por decisão dos juízes. Caminho idêntico seguiu a única peleia de Pesos Pesados do evento, reunindo os gigantes Thiagão Luz e Rubens “Big Mac” Rodrigues, com a vitória de Luz de forma unânime.

O card principal do evento reservou mais combates de MMA que fizeram o grande públco presente vibrarem.

No segundo desafio interestadual, Nelson Velasques, representando o Rio Grande do Sul e o paulista Vitor Tofanelli acabaram por não terminar o combate. Em razão de uma joelhada não intencional desferida por Velasques quando o adversário estava de 3 apoios, Tofanelli alegou não ter condições de prosseguir no duelo e a luta foi declarada como No Contest.

Na luta seguinte, apesar de especialista na luta de solo, o atleta Fernando Farias vem se destacando como um grande striker, após aplicar um potente cruzado e levar Guilherme Severo para chão, foi só continuar com a sequência de socos para garantir a vitória por nocaute nos instantes iniciais do segundo round do confronto.

E na luta seguinte. Wagner “The Ace” Noronha, que inciou o combate com Anderson “Taquari” como se estivesse “possuído”, finalizou seu adversário com uma guilhotina no primeiro round.

Remontando uma luta de resultado controverso em dezembro de 2011, Dimitry Zebrosi e Bruno “Monstro” voltaram a se encontrar dispostos a acabar com qualquer dúvida sobre quem seria o melhor entre ambos. Com trocação e luta no solo ao longo dos três intensos rounds, Dimitry acabou derrotando Monstro de forma unânime, dando fim as discussões.

Na co-luta principal da noite, Douglas Del Rio, defendendo o seu cinturão da AGAM, encarou  Gustavo “Porco” em um dos combates mais empolgantes da noite, levantando o público no ginásio da Sociedade Hebraica. Ao final de 3 rounds, mostrando uma completa superioridade no combate, Del Rio foi declarado vencedor e manteve o seu cinturão do evento.

Já passava das duas horas da manhã quando os atletas que fizeram a luta principal do evento se encontraram no octógono do X-Fest MMA 2012. O brasileiro Thiago “Minu” Meller venceu “por 2 vezes” o argentino Gabriel “El Dragon Demente” Soule. Com uma técnica mais apurada, Minu dominou completamente o combate, mas encontrou no duro hermano um adversário que resistiu bravamente a todos os golpes encaixados. Com exceção de dois. No segundo round, Minu encaixou um mata-leão em Soule que bateu, mas alegou de pronto que estava indicando que estaria recebendo golpes na nuca. Após alguns momentos de indecisão, o combate reiniciou com o mesmo domínio do brasileiro, sendo que no terceiro e último round, Minu acabou botando o duro adversário para dormir com uma guilhotina.

RESULTADOS COMPLETOS DO X-FEST MMA 2012 TOTAL WAR

Card Preliminares

Desafio de Submission Grapling Amador Juvenil

- Icaro Monstro (FFJJ) venceu Felipe “Flecha” Consul (Legião JJ) – Finalização (armlock) 1’23″

Muay Thai

- Leonardo Antunes ( Shidokan/Irineu da Rosa) x Lucas Abate (ASRMT) – Decisão Unânime

- Hewerton Dorneles ( Dk1) venceu Lucas Coradini (ASRMT) – Decisão Unânime

- Wilian “Coyote” (Collision Fight/Carazinho) venceu Leandro Machado (Scorpyon/Porto Alegre)  - Decisão Unânime

Decisão de Cinturão de K1 AGAM – Cat. 75kg

- Thomas Godói venceu Guilherme Jung – KO – 2’55″ R1

MMA

-Vinícius “Astro Boy” Baraldo (Elite Thai MMA Team) venceu Jadielson Popó (White Hank) – Decisão Unânime

-Ronaldo Gauss (Elite Thai MMA Team) venceu André Machado (White Hank) – TKO (interrupção médica) – 4’13″ R1

-Yuri Maia (Sombra Team/Gracie Humaitá) venceu Natan Schulte (Thai Camp/GB Joinville) – Decisão Unânime

-Thiagão Luz (Elite Thai MMA TEam) venceu Rubens “Big Mac” Rodrigues (Clube da Luta) – Decisão Unânime

Card Principal

-Nelson Velasques (Velasques Team/PRVT/Farroupilha) e Vitor Tofanelli (Toeikan SP/ Walmir Teles) – NO CONTEST

-Fernando Farias (Elite Thai MMA Team) venceu Guilherme Severo (ASRMT) – KO – 0’33″ R2

-Wagner “The Ace” Noronha (Elite Thai MMA Team) venceu Anderson “Taquari” (Clube do Boxe/ASRMT) – Finalização (guilhotina) – 3’56″ R1

-Dimitry Zebrosky (Sombra Team/Gracie Humaitá) venceu Bruno Monstro (Elite Thai MMA Team) – Decisão Unânime

-Douglas Del Rio (Elite Thai MMA Team) venceu Gustavo “Porco” (Diego Hacker/MR JJ) – Decisão Unânime

-Thiago “Minu” (MFT) venceu Gabriel “El Dragon Demente” Soule  (Team Dragon) – Finalização (guilhotina) – 3’10″ R3

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 810 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: